Cartão Reforma: Perguntas e respostas sobre o benefício

Muitos cidadãos brasileiros estão tendo dúvidas sobre o Cartão Reforma. Para tentar esclarecer algumas questões sobre o benefício, vamos responder neste artigo algumas das perguntas mais recebidas nos comentários do blog e também no Facebook. Confira abaixo.

O que é o Cartão Reforma

É um benefício em dinheiro que será utilizado como cartão de débito para compra de materiais de construção, com o objetivo de reformar, ampliar  ou concluir suas residências próprias. O programa será destinados às famílias que já possuem moradia própria, mas o imóvel está em condições precárias, e precisa de reformas gerais.

O cartão reforma terá valor médio de R$5 mil para compra de materiais de construção das mais variadas categorias, tijolos, torneiras, janelas, portas, cimento, tintas, britas, areia, etc. Poderão ser feitas reformas na parte elétrica, hidráulica, telhados, paredes, banheiros, muros e outras de acordo com a necessidade da família.

Vale lembrar que a parte de mão de obra não está inclusa no programa, ficando por conta do beneficiário.

O benefício tem caráter de concessão de subvenção econômica, ou seja, não é um empréstimo ou financiamento, mas sim um recurso gratuito cedido pelo Governo às famílias de baixa renda que irão receber o dinheiro.

cartao-reforma-perguntas

Quem tem direito

O cartão reforma será concedido para famílias pobres que precisam realizar reformas em suas casas e possuam renda de até R$ 1,8 mil. Quem recebe o Bolsa Família pode também ter direito a receber o benefício do cartão.

A família que deseja participar do programa, precisa ser proprietária do imóvel, ou seja, a residência não pode estar em nome de terceiros. O imóvel residencial precisa estar em áreas regularizadas ou passíveis de regularização, caso contrário não será aprovado. Imóveis em áreas de risco ou não regulamentadas não poderão participar do programa.

Quem irá controlar o fornecimento do benefício, serão os estados e municípios. Estes órgãos serão responsáveis por selecionar, analisar e conceder o cartão reforma para famílias que tenha direito ao benefício.

As famílias beneficiárias receberão também da prefeitura apoio de engenheiros, arquitetos, projetistas e outros profissionais do ramo para melhorar a qualidade da reforma ou conclusão da obra.

Onde usar o cartão reforma

A família que possui o benefício, poderá utilizar o cartão para compra de materiais de construção em todas as lojas credenciadas à Caixa Econômica Federal, que já possuem sistema de pagamentos do Construcard. No ato da liberação do benefício, serão disponibilizadas nomes e endereços dos estabelecimentos que irão aceitar compras com o cartão.

Quando estará disponível

O novo programa do Governo começa a ser disponibilizado a partir de março de 2017. O Governo Temer pretende divulgar em breve o calendário com as datas de lançamento do programa. As famílias que pretendem se cadastra para receber o cartão reforma, deverão aguardar o informativo oficial da Prefeitura de sua cidade.

O programa tem o objetivo de atender de 85mil a 100 mil famílias somente no ano de 2017. Com o previsão de R$ 500 milhões para o programa, o Governo pretende aquecer a economia e aumentar a geração de empregos em todo o setor.

Regras e detalhes para ter direito

Confira algumas regras para ter direito a receber o cartão reforma:

  • Terão direito Famílias com renda total máxima de até R$1,8mil
  • O benefício será concedido somente uma vez por família e por imóvel
  • O cadastro das famílias será feito pelas Prefeituras Municipais, que irão receber os recursos do programa e repassar para os beneficiários credenciados
  • O benefício não pode ser cumulativo com outros programas de habitação do Governo, como construcard e Minha Casa Minha Vida
  • As famílias beneficiárias não precisarão pagar prestações e juros pelo uso do dinheiro do benefício concedido.

Se você pretende adquirir seu cartão, deixe abaixo sua avaliação e deixe seu comentário.

Cartão Reforma: Perguntas e respostas sobre o benefício
4.42 (88.45%) 637 votes
186

50 Responses

  1. Maria de Fátima dos santos
    janeiro 24, 2017
  2. Gabriela faria
    janeiro 24, 2017
  3. Bianca
    janeiro 24, 2017
  4. Rosilene gomes nascimento
    janeiro 24, 2017
  5. Janaiara
    janeiro 26, 2017
  6. larissa vargas
    janeiro 27, 2017
  7. Mariza de Jesus costa
    janeiro 29, 2017
  8. Altelice Nunes de oliveira
    janeiro 30, 2017
  9. solange vicente souza
    janeiro 30, 2017
  10. Aline
    fevereiro 1, 2017
  11. José Adriano
    fevereiro 1, 2017
  12. Dayana
    fevereiro 2, 2017
  13. jane melo
    fevereiro 3, 2017
  14. Cláudia Regina Bandeira de Souza
    fevereiro 3, 2017
  15. Cláudia Regina Bandeira de Souza
    fevereiro 3, 2017
  16. Elziane gomes de sousa
    fevereiro 4, 2017
  17. Alessandra Cristina Fernandes dos Santos
    fevereiro 6, 2017
  18. Alessandra Cristina Fernandes dos Santos
    fevereiro 6, 2017
  19. Claudeni araujo
    fevereiro 6, 2017
  20. Claudeni araujo
    fevereiro 6, 2017
  21. Edna Rodrigues DE Souza Araujo
    fevereiro 6, 2017
  22. Ana paula chaves dos reis
    fevereiro 6, 2017
  23. Marcia Cristina Pereira corrêa
    fevereiro 6, 2017
  24. josy Diogo
    fevereiro 7, 2017
  25. viviane miranda cruz
    fevereiro 8, 2017
  26. Ericadaguiagomesdasilvasantos
    fevereiro 8, 2017
  27. Gleice kelly de paula
    fevereiro 9, 2017
  28. Edna pereira da silva
    fevereiro 9, 2017
  29. Evelyn Santos Oliveira
    fevereiro 12, 2017
  30. Maria Lucicleide Ferreira
    fevereiro 12, 2017
  31. Maria Lucicleide Ferreira
    fevereiro 12, 2017
  32. SIRLANE DE SOUSA SAMPAIO
    fevereiro 13, 2017
  33. Sueli santos das Neves
    fevereiro 15, 2017
  34. Sueli santos das Neves
    fevereiro 15, 2017
  35. maria
    fevereiro 16, 2017
  36. Carla Tatiana Pereira de Oliveira
    fevereiro 17, 2017
    • Carla Tatiana Pereira de Oliveira
      fevereiro 17, 2017
  37. vanuza silva
    fevereiro 17, 2017
  38. Jessinalva Bispo
    fevereiro 17, 2017
  39. Adriana
    fevereiro 17, 2017
  40. david
    fevereiro 17, 2017
  41. david
    fevereiro 17, 2017
    • colaborador
      fevereiro 21, 2017
  42. Laura Ribeiro
    fevereiro 18, 2017
  43. Fabiana Aparecida Sampaio guandalim
    fevereiro 21, 2017
    • colaborador
      fevereiro 21, 2017
  44. Cristina Fraga
    abril 21, 2017
  45. EDNA DE OLIVEIRA SILVA
    abril 22, 2017
  46. Raquel Aparecida Anastacio dos Santos
    abril 24, 2017

Deixe seu comentário